Congregação Filhas do Amor Divino

47

A Congregação das Filhas do Amor Divino foi fundada em 21 de novembro de 1868, em Viena, Áustria, por Madre Francisca Lechner. No dia 19 de julho de 1920, duas Irmãs e três jovens chegaram a Cerro Largo, RS, para iniciar a missão das filhas do amor divino no Brasil.
Atualmente as Filhas do Amor Divino estão presentes em 20 países: Albânia, Áustria, Alemanha, Brasil, Bolívia, Bósnia-Herzegovina, Croácia, Equador, Estados Unidos, Eslováquia, Haiti, Hungria, Inglaterra, Itália, Kosovo, Polônia, República Tcheca, Suíça, Uganda, Ucrânia.
Possui também comunidades “ad gentes” no Equador e na Itália; outras Irmãs atuam na Uganda – África, na Alemanha, na Áustria e na Itália.

 

A Missão

As Filhas do Amor Divino têm na Igreja a vocação de tornar o amor de Deus visível no mundo. Um amor encarnado e compassivo, sendo “servas e instrumentos do infinito amor de Deus por palavra e ação, conforme o exemplo de Nosso Senhor Jesus Cristo” (I Estatuto – 1871).
O lema de Madre Francisca “Tudo por Deus, pelos pobres – especialmente a mulher – e por nossa Congregação” impulsiona à prática de uma de suas máximas: “Fazer o bem, alegrar, tornar feliz e conduzir ao céu”.

Posse do novo Governo Provincial

Na tarde de 14 de outubro, precedido por um momento orante de invocação ao Divino Espírito Santo, aconteceu o processo eletivo das Conselheiras Provinciais e, entre elas, a 1ª Conselheira Provincial. O Governo Provincial, para o período de outubro de 2017 a outubro de 2021, ficou assim constituído:

Irmã Jacinta Webler, Superiora Provincial

Irmã Joseana Pereira Carvalho, 1ª Conselheira Provincial

Irmã Jacinta Koenig, 2ª Conselheira Provincial

Irmã Anita Puhl, 3ª Conselheira Provincial

Irmã Cleusa Mercedes Thomas, 4ª Conselheira Provincial

A tomada de posse do novo Governo Provincial se deu imediatamente após a eleição.