Princípios Educacionais

Princípios Educacionais da Fundadora da Congregação das Filhas Do Amor Divino

 

· É indispensável o bom exemplo, pois os olhos das crianças são perspicazes e, faltando a caridade, a justiça e a prudência, todos os frutos da educação serão frustrados.

· O amor à juventude seja guiado por motivos sobrenaturais, à imitação do amigo das crianças, que as abraçava, mesmo sentindo-se extenuada pelos labores do dia.

· Sejam amantes da ordem e da vigilância indispensável. Onde se espera alcançar mais com paciência, não se deve usar o rigor.

· Nenhuma professora ouse dar uma aula sem ter se preparado para ela, a fim de que a falta de preparação não venha prejudicar por não saber distinguir o necessário do útil em prejuízo para este último.

· É de grande importância o progresso nas matérias escolares, como também, de bom tom e delicadeza no trato; e de máxima importância é, porém, a formação do coração, o conhecimento e a observância dos deveres religiosos. É melhor educar do que instruir.

· Entre si, tenham os professores unidade no plano como no programa, pois a “união faz a força”.

· A sinceridade, a franqueza, a lealdade no trato, eis a mais bela expressão de um caráter. Para cultivar tais qualidades, faz-se mister o combate à hipocrisia.

MADRE FRANCISCA LECHNER – Fundadora da Congregação das Filhas do Amor Divino.